Pesquisa
Descritor em português: Anistreplase
Descritor em inglês: Anistreplase
Descritor em espanhol: Anistreplasa
Descritor em francês: Anistreplase
Termo(s) alternativo(s): APSAC
Complexo Ativador Plasminogênio-Estreptoquinase Anisoilado
Código(s) hierárquico(s): D08.811.277.656.300.760.635.075
D08.811.277.656.300.775.075
D08.811.277.656.959.350.635.075
D12.776.124.125.662.537.075
Nota de escopo: Complexo inativo acilado de estreptoquinase e de plasminogênio-lisina humano. Após injeção, o grupo acil é lentamente hidrolisado produzindo um ativador que converte o plasminogênio à plasmina iniciando assim, a fibrinólise. Sua meia-vida é de aproximadamente 90 minutos comparados aos 5 minutos do TPA (ATIVADOR DE PLASMINOGÊNIO TECIDUAL), 16 minutos do ATIVADOR DE PLASMINOGÊNIO TIPO UROQUINASE e 23 minutos da ESTREPTOQUINASE. Se o tratamento for iniciado dentro de 3 horas do início dos sintomas para infarto agudo do miocárdio, a droga preserva o tecido miocárdico, a função do ventrículo esquerdo e aumenta (favorece) a desobstrução da artéria coronária. As complicações hemorrágicas são semelhantes às de outros agentes trombolíticos.
Qualificadores permitidos: AD administração & dosagem
AE efeitos adversos
AI antagonistas & inibidores
AN análise
BI biossíntese
BL sangue
CF líquido cefalorraquidiano
CH química
CL classificação
CS síntese química
DE efeitos dos fármacos
DF deficiência
EC economia
GE genética
HI história
IM imunologia
IP isolamento & purificação
ME metabolismo
PD farmacologia
PH fisiologia
PK farmacocinética
PO envenenamento
RE efeitos da radiação
SD provisão & distribução
ST normas
TO toxicidade
TU uso terapêutico
UL ultraestrutura
UR urina
Identificador DeCS: 28860
ID do descritor: D016255
Data de estabelecimento: 01/01/1991
Data de entrada: 07/05/1990
Data de revisão: 01/07/2016
Anistreplase - Conceito preferido
Identificador do conceito M0024829
Nota de escopo Complexo inativo acilado de estreptoquinase e de plasminogênio-lisina humano. Após injeção, o grupo acil é lentamente hidrolisado produzindo um ativador que converte o plasminogênio à plasmina iniciando assim, a fibrinólise. Sua meia-vida é de aproximadamente 90 minutos comparados aos 5 minutos do TPA (ATIVADOR DE PLASMINOGÊNIO TECIDUAL), 16 minutos do ATIVADOR DE PLASMINOGÊNIO TIPO UROQUINASE e 23 minutos da ESTREPTOQUINASE. Se o tratamento for iniciado dentro de 3 horas do início dos sintomas para infarto agudo do miocárdio, a droga preserva o tecido miocárdico, a função do ventrículo esquerdo e aumenta (favorece) a desobstrução da artéria coronária. As complicações hemorrágicas são semelhantes às de outros agentes trombolíticos.
Termo preferido Anistreplase
Termo(s) alternativo(s) APSAC
Complexo Ativador Plasminogênio-Estreptoquinase Anisoilado



Queremos a sua opinião sobre o novo sitio web do DeCS/MeSH

Convidamos-lhe a responder a uma pesquisa que não levará mais que 3 minutos


Ir para pesquisa