Pesquisa
Descritor em português: Convulsoterapia
Descritor em inglês: Convulsive Therapy
Descritor em espanhol: Terapia Convulsiva
Descritor em francês: Convulsivothérapie
Termo(s) alternativo(s): Insulinoterapia
Terapia de Choque
Terapia de Choque Insulínico
Terapia de Choque com Insulina
Código(s) hierárquico(s): F04.570.200
Identificador Único RDF: https://id.nlm.nih.gov/mesh/D003295
Nota de escopo: Convulsiones induzidas para tratar TRANSTORNOS MENTAIS. É utilizado primariamente no tratamento dos transtornos do humor graves e da ESQUIZOFRENIA.
Nota de indexação: não confunda com CONVULSÕES /terap; não confunda o termo alternativo TERAPIA DE CHOQUE com CHOQUE /terap nem o termo alternativo INSULINOTERAPIA com COMA INSULÍNICO
Qualificadores permitidos: AE efeitos adversos
CL classificação
EC economia
ES ética
HI história
IS instrumentação
LJ legislação & jurisprudência
MO mortalidade
MT métodos
NU enfermagem
PX psicologia
SN estatística & dados numéricos
ST normas
TD tendências
VE veterinária
Veja também os descritores: Coma Insulínico MeSH
Identificador DeCS: 3316
ID do descritor: D003295
Documentos indexados na Biblioteca Virtual em Saúde (BVS): Clique aqui para acessar os documentos da BVS
Data de estabelecimento: 01/01/1981
Data de entrada: 01/01/1999
Data de revisão: 09/07/2007
Convulsoterapia - Conceito preferido
Identificador do conceito M0005139
Nota de escopo Convulsiones induzidas para tratar TRANSTORNOS MENTAIS. É utilizado primariamente no tratamento dos transtornos do humor graves e da ESQUIZOFRENIA.
Termo preferido Convulsoterapia
Termo(s) alternativo(s) Terapia de Choque
Insulinoterapia - Mais específico
Identificador do conceito M0005140
Termo preferido Insulinoterapia
Terapia de Choque com Insulina - Mais específico
Identificador do conceito M0446506
Termo preferido Terapia de Choque com Insulina
Termo(s) alternativo(s) Terapia de Choque Insulínico



Queremos a sua opinião sobre o novo sitio web do DeCS/MeSH

Convidamos-lhe a responder a uma pesquisa que não levará mais que 3 minutos


Ir para pesquisa