Pesquisa
Descritor em português: Prevenção e Mitigação de Desastres
Descritor em inglês: Disaster Prevention and Mitigation
Descritor em espanhol: Prevención y Mitigación de Desastres
Descritor em francês: Prévention et Soulagement
Termo(s) alternativo(s): Atenuação
Minimização
Mitigação
Mitigação Prévia a Desastres
Mitigação de Desastre
Prevenção e Atenuação
Prevenção e Mitigação
Código(s) hierárquico(s): SP4.037.438.569
SP8.946.819
Nota de escopo: Prevenção de Desastre: Conjunto de ações destinadas a reduzir a ocorrência e a intensidade de desastres naturais ou humanos, através da avaliação e redução das ameaças e/ou vulnerabilidades, minimizando os prejuízos socioeconômicos e os danos humanos, materiais e ambientais. Implica a formulação e implantação de políticas e de programas, com a finalidade de prevenir ou minimizar os efeitos de desastres. A prevenção compreende: a Avaliação e a Redução de Riscos de Desastres, através de medidas estruturais e não estruturais. Baseia-se em análises de riscos e de vulnerabilidades e inclui também legislação e regulamentação, zoneamento urbano, código de obras, obras públicas e planos diretores municipais. (Ministério da Integração Nacional. Secretaria Nacional de Defesa Civil. Glossário de Defesa Civil. http://www.defesacivil.gov.br/glossario/index1.asp) Mitigação: Medidas tomadas para reduzir causas ou consequências no caso de desastre, a um mínimo aceitável de riscos ou danos. (Material III - Ministério da Ação Social, 1992). Um termo coletivo usado para englobar todas as atividades desenvolvidas em antecipação da ocorrência de um evento potencialmente catastrófico, incluindo a preparação e medidas de longo prazo para a redução de risco. O processo de planejamento e implementação de medidas para reduzir os riscos associados a conhecidos desastres naturais e provocados pelo homem e para lidar com os desastres que realmente ocorrem. Estratégias e medidas específicas são projetadas com base em avaliações de risco e decisões políticas sobre os níveis de risco considerados aceitáveis e os recursos a serem alocados (por parte das autoridades nacionais e sub-nacionais e de doadores externos). Mitigação tem sido utilizada por algumas instituições/autores em um sentido mais restrito, excluindo-se os preparativos para desastres. Tem sido ocasionalmente definida para incluir resposta pós-desastre, sendo então equivalente a gestão de desastres. (Tradução livre do original: DHA - Department of Humanitarian Affairs, DMTP - Disaster Management Training Program. Disaster Mitigation, 2nd ed. Glossary, 1994: http://www.proventionconsortium.org/themes/default/pdfs/DisasterMitigation.pdf)
Qualificadores permitidos: AE efeitos adversos
AN análise
CL classificação
EC economia
EH etnologia
ES ética
HI história
LJ legislação & jurisprudência
MT métodos
PC prevenção & controle
PL políticas
SN estatística & dados numéricos
Identificador DeCS: 34661
ID do descritor: DDCS034661
Documentos indexados na Biblioteca Virtual em Saúde (BVS): Clique aqui para acessar os documentos da BVS
Prevenção e Mitigação de Desastres - Conceito preferido
Identificador do conceito FD00060555
Nota de escopo Prevenção de Desastre: Conjunto de ações destinadas a reduzir a ocorrência e a intensidade de desastres naturais ou humanos, através da avaliação e redução das ameaças e/ou vulnerabilidades, minimizando os prejuízos socioeconômicos e os danos humanos, materiais e ambientais. Implica a formulação e implantação de políticas e de programas, com a finalidade de prevenir ou minimizar os efeitos de desastres. A prevenção compreende: a Avaliação e a Redução de Riscos de Desastres, através de medidas estruturais e não estruturais. Baseia-se em análises de riscos e de vulnerabilidades e inclui também legislação e regulamentação, zoneamento urbano, código de obras, obras públicas e planos diretores municipais. (Ministério da Integração Nacional. Secretaria Nacional de Defesa Civil. Glossário de Defesa Civil. http://www.defesacivil.gov.br/glossario/index1.asp) Mitigação: Medidas tomadas para reduzir causas ou consequências no caso de desastre, a um mínimo aceitável de riscos ou danos. (Material III - Ministério da Ação Social, 1992). Um termo coletivo usado para englobar todas as atividades desenvolvidas em antecipação da ocorrência de um evento potencialmente catastrófico, incluindo a preparação e medidas de longo prazo para a redução de risco. O processo de planejamento e implementação de medidas para reduzir os riscos associados a conhecidos desastres naturais e provocados pelo homem e para lidar com os desastres que realmente ocorrem. Estratégias e medidas específicas são projetadas com base em avaliações de risco e decisões políticas sobre os níveis de risco considerados aceitáveis e os recursos a serem alocados (por parte das autoridades nacionais e sub-nacionais e de doadores externos). Mitigação tem sido utilizada por algumas instituições/autores em um sentido mais restrito, excluindo-se os preparativos para desastres. Tem sido ocasionalmente definida para incluir resposta pós-desastre, sendo então equivalente a gestão de desastres. (Tradução livre do original: DHA - Department of Humanitarian Affairs, DMTP - Disaster Management Training Program. Disaster Mitigation, 2nd ed. Glossary, 1994: http://www.proventionconsortium.org/themes/default/pdfs/DisasterMitigation.pdf)
Termo preferido Prevenção e Mitigação de Desastres
Termo(s) alternativo(s) Atenuação
Minimização
Mitigação
Mitigação Prévia a Desastres
Mitigação de Desastre
Prevenção e Atenuação
Prevenção e Mitigação



Queremos a sua opinião sobre o novo sitio web do DeCS/MeSH

Convidamos-lhe a responder a uma pesquisa que não levará mais que 3 minutos


Ir para pesquisa