Pesquisa
Descritor em português: Buprenorfina
Descritor em inglês: Buprenorphine
Descritor em espanhol: Buprenorfina
Descritor em francês: Buprénorphine
Código(s) hierárquico(s): D03.132.577.249.150
D03.605.497.150
D03.633.400.686.150
D04.615.723.795.150
Identificador Único RDF: https://id.nlm.nih.gov/mesh/D002047
Nota de escopo: Alcaloide opioide derivado da TEBAÍNA que é um analgésico mais potente e de maior duração do que a MORFINA. Parece agir como agonista parcial dos receptores opioides mu e kapa e como antagonista dos receptores delta. A falta de atividade do agonista delta tem sido sugerida como responsável pela observação de que a tolerância à buprenorfina pode não se desenvolver com o uso crônico.
Nota de indexação: para tratamento de manutenção de buprenorfina, coordene com TRATAMENTO DE SUBSTITUIÇÃO DE OPIÁCEOS
Qualificadores permitidos: AA análogos & derivados
AD administração & dosagem
AE efeitos adversos
AG agonistas
AI antagonistas & inibidores
AN análise
BL sangue
CF líquido cefalorraquidiano
CH química
CL classificação
CS síntese química
EC economia
HI história
IM imunologia
IP isolamento & purificação
ME metabolismo
PD farmacologia
PK farmacocinética
PO envenenamento
RE efeitos da radiação
SD provisão & distribuição
ST normas
TO toxicidade
TU uso terapêutico
UR urina
Número de registro: 40D3SCR4GZ
Nome CAS Tipo 1: 6,14-Ethenomorphinan-7-methanol, 17-(cyclopropylmethyl)-alpha-(1,1-dimethylethyl)-4,5-epoxy-18,19-dihydro-3-hydroxy-6-methoxy-alpha-methyl-, (5alpha,7alpha(S))-
Veja também os descritores: Tratamento de Substituição de Opiáceos MeSH
Identificador DeCS: 2079
ID do descritor: D002047
Documentos indexados na Biblioteca Virtual em Saúde (BVS): Clique aqui para acessar os documentos da BVS
Data de estabelecimento: 01/01/1987
Data de entrada: 17/03/1978
Data de revisão: 24/05/2017
Buprenorfina - Conceito preferido
Identificador do conceito M0003054
Nota de escopo Alcaloide opioide derivado da TEBAÍNA que é um analgésico mais potente e de maior duração do que a MORFINA. Parece agir como agonista parcial dos receptores opioides mu e kapa e como antagonista dos receptores delta. A falta de atividade do agonista delta tem sido sugerida como responsável pela observação de que a tolerância à buprenorfina pode não se desenvolver com o uso crônico.
Termo preferido Buprenorfina



Queremos a sua opinião sobre o novo sitio web do DeCS/MeSH

Convidamos-lhe a responder a uma pesquisa que não levará mais que 3 minutos


Ir para pesquisa