Pesquisa
Descritor em português: Metilases de Modificação do DNA
Descritor em inglês: DNA Modification Methylases
Descritor em espanhol: Metilasas de Modificación del ADN
Descritor metilasas de modificación del ADN
Termo(s) alternativo(s) metilasas de modificación
metiltransferasas de modificación del ADN
Nota de escopo: Enzimas que forman parte de los sistemas de restricción-modificación. Producen un patrón de metilación característico de la especie, ya sea en los residuos de adenina o de citosina, en una secuencia de bases corta y específica en el propio ADN de la célula huésped. Esta secuencia metilada se presentará muchas veces en el ADN de la célula huésped y permanece intacta durante toda la vida de la célula. Cualquier ADN de otra especie que logre entrar en una célula viva y no tenga el patrón característico de metilación, será reconocido por las endonucleasas de restricción de especificidad similar y será destruido por escisión. La mayoría han sido estudiadas en sistemas bacterianos, pero se han encontrado algunas en organismos eucariotas.
Descritor em francês: DNA modification methylases
Termo(s) alternativo(s): Metilases de Modificação
Metiltransferases de Modificação do DNA
Código(s) hierárquico(s): D08.811.150.240
D08.811.913.555.500.350
Identificador Único RDF: https://id.nlm.nih.gov/mesh/D015254
Nota de escopo: Enzimas que são parte dos sistemas de restrição-modificação. São responsáveis por produzir o padrão de metilação característico da espécie, no resíduo de adenina ou no de citosina, em uma sequência de bases curta e específica no próprio DNA da célula hospedeira. Esta sequência metilada ocorrerá muitas vezes no DNA da célula hospedeira e permanece intacta por toda a vida da célula. Qualquer DNA de outra espécie, que ganhe acesso à célula viva e não tenha o padrão característico de metilação, será reconhecido pelas endonucleases de restrição de especificidade similar e será destruído por clivagem. A maioria foi estudada em sistemas bacterianos, mas algumas foram encontradas em organismos eucariotos.
Qualificadores permitidos: AD administração & dosagem
AE efeitos adversos
AI antagonistas & inibidores
AN análise
BI biossíntese
BL sangue
CF líquido cefalorraquidiano
CH química
CL classificação
CS síntese química
DE efeitos dos fármacos
DF deficiência
EC economia
GE genética
HI história
IM imunologia
IP isolamento & purificação
ME metabolismo
PD farmacologia
PH fisiologia
PK farmacocinética
PO envenenamento
RE efeitos da radiação
SD provisão & distribuição
ST normas
TO toxicidade
TU uso terapêutico
UL ultraestrutura
UR urina
Número de registro: EC 2.1.1.-
Identificador DeCS: 23613
ID do descritor: D015254
Documentos indexados na Biblioteca Virtual em Saúde (BVS): Clique aqui para acessar os documentos da BVS
Data de estabelecimento: 01/01/1989
Data de entrada: 17/05/1988
Data de revisão: 09/07/2003
Metilases de Modificação do DNA - Conceito preferido
Identificador do conceito M0023492
Nota de escopo Enzimas que são parte dos sistemas de restrição-modificação. São responsáveis por produzir o padrão de metilação característico da espécie, no resíduo de adenina ou no de citosina, em uma sequência de bases curta e específica no próprio DNA da célula hospedeira. Esta sequência metilada ocorrerá muitas vezes no DNA da célula hospedeira e permanece intacta por toda a vida da célula. Qualquer DNA de outra espécie, que ganhe acesso à célula viva e não tenha o padrão característico de metilação, será reconhecido pelas endonucleases de restrição de especificidade similar e será destruído por clivagem. A maioria foi estudada em sistemas bacterianos, mas algumas foram encontradas em organismos eucariotos.
Termo preferido Metilases de Modificação do DNA
Termo(s) alternativo(s) Metilases de Modificação
Metiltransferases de Modificação do DNA



Queremos a sua opinião sobre o novo sitio web do DeCS/MeSH

Convidamos-lhe a responder a uma pesquisa que não levará mais que 3 minutos


Ir para pesquisa