Pesquisa
Descritor em português: Proteína 2 do Complexo Esclerose Tuberosa
Descritor em inglês: Tuberous Sclerosis Complex 2 Protein
Descritor em espanhol: Proteína 2 del Complejo de la Esclerosis Tuberosa
Descritor proteína 2 del complejo de esclerosis tuberosa
Termo(s) alternativo(s) proteína 2 del complejo de la esclerosis tuberosa
tuberina
Nota de escopo: Proteína de señalización intracelular y supresora tumoral que forma un complejo con la PROTEÍNA 1 DEL COMPLEJO DE ESCLEROSIS TUBEROSA (TSC1) y con otros factores de señalización para regular negativamente MTORC1 e influir en el crecimiento y la proliferación celulares. También puede actuar como proteína activadora de GTPASA (GAP) para la RHEB GTPASA para activar mTORC1 independientemente de su papel en el complejo. Desde el punto de vista estructural, interacciona con la TSC1 por medio de su extremo N, que también contiene una región superenrollada y de cremallera de leucina. También tiene múltiples sitios de fosforilación para diferentes cinasas de señalización celular, una región superenrollada central, un dominio GAP carboxiterminal y un dominio de unión a CALMODULINA. Las mutaciones del gen TSC2 se asocian a ESCLEROSIS TUBEROSA.
Descritor em francês: Protéine-2 du complexe de la sclérose tubéreuse
Termo(s) alternativo(s): Proteína 2 da Esclerose Tuberosa
Tuberina
Código(s) hierárquico(s): D12.644.360.938
D12.776.476.935
D12.776.624.776.769
Identificador Único RDF: https://id.nlm.nih.gov/mesh/D000077005
Nota de escopo: Proteína de sinalização intracelular e supressora de tumor que forma um complexo com a PROTEÍNA 1 DO COMPLEXO ESCLEROSE TUBEROSA (TSC1) e outros fatores de sinalização, regulando negativamente MTORC1, afetando a proliferação e população celular. Também pode funcionar como PROTEÍNAS ATIVADORAS DE GTPASE (GAP) na RHEB GTPASE, ativando a mTORC1 independente de seu papel no complexo. Estruturalmente, interagem com TSC1 por meio de sua região N-terminal, que também contém regiões de zíper de leucina e de espirais enroladas. Também possui múltiplos sítios de fosforilação para quinases de sinalização celular, uma região espiral enrolada central, um domínio GAP C-terminal e um domínio de ligação à CALMODULINA. Mutações no gene TSC2 estão associadas com ESCLEROSE TUBEROSA.
Qualificadores permitidos: AD administração & dosagem
AE efeitos adversos
AG agonistas
AI antagonistas & inibidores
AN análise
BI biossíntese
BL sangue
CF líquido cefalorraquidiano
CH química
CL classificação
CS síntese química
DE efeitos dos fármacos
DF deficiência
EC economia
GE genética
HI história
IM imunologia
IP isolamento & purificação
ME metabolismo
PD farmacologia
PH fisiologia
PK farmacocinética
PO envenenamento
RE efeitos da radiação
SD provisão & distribuição
ST normas
TO toxicidade
TU uso terapêutico
UL ultraestrutura
UR urina
Identificador DeCS: 57503
ID do descritor: D000077005
Documentos indexados na Biblioteca Virtual em Saúde (BVS): Clique aqui para acessar os documentos da BVS
Data de estabelecimento: 01/01/2019
Data de entrada: 09/07/2018
Data de revisão: 19/06/2018
Proteína 2 do Complexo Esclerose Tuberosa - Conceito preferido
Identificador do conceito M0239300
Nota de escopo Proteína de sinalização intracelular e supressora de tumor que forma um complexo com a PROTEÍNA 1 DO COMPLEXO ESCLEROSE TUBEROSA (TSC1) e outros fatores de sinalização, regulando negativamente MTORC1, afetando a proliferação e população celular. Também pode funcionar como PROTEÍNAS ATIVADORAS DE GTPASE (GAP) na RHEB GTPASE, ativando a mTORC1 independente de seu papel no complexo. Estruturalmente, interagem com TSC1 por meio de sua região N-terminal, que também contém regiões de zíper de leucina e de espirais enroladas. Também possui múltiplos sítios de fosforilação para quinases de sinalização celular, uma região espiral enrolada central, um domínio GAP C-terminal e um domínio de ligação à CALMODULINA. Mutações no gene TSC2 estão associadas com ESCLEROSE TUBEROSA.
Termo preferido Proteína 2 do Complexo Esclerose Tuberosa
Termo(s) alternativo(s) Proteína 2 da Esclerose Tuberosa
Tuberina



Queremos a sua opinião sobre o novo sitio web do DeCS/MeSH

Convidamos-lhe a responder a uma pesquisa que não levará mais que 3 minutos


Ir para pesquisa