Pesquisa
Descritor em português: Diversidade de Anticorpos
Descritor em inglês: Antibody Diversity
Descritor em espanhol: Diversidad de Anticuerpos
Descritor em francês: Diversité des anticorps
Termo(s) alternativo(s): Teoria Germinativa
Teoria da Linhagem Germinativa
Código(s) hierárquico(s): G05.365.036
G12.500.199
Identificador Único RDF: https://id.nlm.nih.gov/mesh/D000916
Nota de escopo: Fenômeno da grande variabilidade característica dos ANTICORPOS. O SISTEMA IMUNOLÓGICO é capaz de reagir especificamente contra tipos essencialmente ilimitados de ANTÍGENOS encontrados. A diversidade de anticorpos é explicada por três teorias principais: 1) A Teoria da Linhagem Germinativa afirma que cada célula produtora de anticorpos possui genes que codificam todas as especificidades possíveis de anticorpos, mas que expressa somente a estimulada pelo antígeno; 2) Teoria da Mutação Somática sustenta que as células produtoras de anticorpos contêm só alguns genes que produzem a diversidade de anticorpos por mutação; e 3) Teoria do Reordenamento Gênico assegura que a diversidade dos anticorpos é gerada pelo reordenamento dos segmentos dos genes da REGIÃO VARIÁVEL DE IMUNOGLOBULINA durante a diferenciação das CÉLULAS PRODUTORAS DE ANTICORPOS.
Qualificadores permitidos: DE efeitos dos fármacos
GE genética
IM imunologia
PH fisiologia
RE efeitos da radiação
Identificador DeCS: 926
ID do descritor: D000916
Documentos indexados na Biblioteca Virtual em Saúde (BVS): Clique aqui para acessar os documentos da BVS
Data de estabelecimento: 01/01/1980
Data de entrada: 23/02/1979
Data de revisão: 22/06/2015
Diversidade de Anticorpos - Conceito preferido
Identificador do conceito M0001364
Nota de escopo Fenômeno da grande variabilidade característica dos ANTICORPOS. O SISTEMA IMUNOLÓGICO é capaz de reagir especificamente contra tipos essencialmente ilimitados de ANTÍGENOS encontrados. A diversidade de anticorpos é explicada por três teorias principais: 1) A Teoria da Linhagem Germinativa afirma que cada célula produtora de anticorpos possui genes que codificam todas as especificidades possíveis de anticorpos, mas que expressa somente a estimulada pelo antígeno; 2) Teoria da Mutação Somática sustenta que as células produtoras de anticorpos contêm só alguns genes que produzem a diversidade de anticorpos por mutação; e 3) Teoria do Reordenamento Gênico assegura que a diversidade dos anticorpos é gerada pelo reordenamento dos segmentos dos genes da REGIÃO VARIÁVEL DE IMUNOGLOBULINA durante a diferenciação das CÉLULAS PRODUTORAS DE ANTICORPOS.
Termo preferido Diversidade de Anticorpos
Termo(s) alternativo(s) Teoria da Linhagem Germinativa
Teoria Germinativa - Mais específico
Identificador do conceito M0001365
Termo preferido Teoria Germinativa



Queremos a sua opinião sobre o novo sitio web do DeCS/MeSH

Convidamos-lhe a responder a uma pesquisa que não levará mais que 3 minutos


Ir para pesquisa